gestao-qualidade

Investimento constante para conquistar sua confiança.

Qualidade, segurança, precisão e confiabilidade nos laudos de análise são atributos essenciais para um laboratório de análises clínicas voltado para oferecer serviços de ponta, com total precisão em seus resultados.

O Tommasi Laboratório, garantindo a qualidade de seus serviços, tem diversas certificações e participa anualmente de testes de proficiência. Ou seja, além de manter a constância nos resultados, encontra precisão em suas análises, aumentando a confiabilidade das suas amostras e exames, o que traz mais segurança para o paciente.

Hoje, o Tommasi Laboratório conta com:

  • Acreditação da Organização Nacional de Acreditação (ONA), avaliado pelo Instituto Qualisa de Gestão (IQG);

  • Acreditação DICQ, desde 2000, expedida pela Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC);

  • Teste de proficiência PNCQ (Programa de Controle Externo da Qualidade), com desempenho excelente na última avaliação (2012);

  • Certificação de Proficiência em Ensaios Laboratoriais (PELM), programa renovado anualmente, uma avaliação externa da qualidade dos serviços prestados pelo laboratório.

Com os programas de certificação confirmados anualmente, o Tommasi Laboratório mostra sua qualidade nos resultados, fruto de um trabalho de constante aprimoramento científico da equipe técnica. Ao garantir a total certeza de que os laudos mostram exatidão e excelência em análises clínicas, o Tommasi Laboratório reafirma o compromisso e o cuidado com a saúde do cliente.

Você sabia?

  • A acreditação é um sistema de avaliação e certificação da qualidade de serviços de saúde.

  • Em seus princípios, tem um caráter voltado para a melhoria contínua, sem finalidade de fiscalização ou controle oficial, e realizado por instituição não-governamental.

  • As principais vantagens da acreditação é mostrar para líderes, administradores, profissionais e organizações de saúde, governo e cidadãos, que o estabelecimento oferece segurança para os pacientes e profissionais, qualidade na assistência, construção de equipe e o caminho para a melhoria contínua.

  • A Organização Nacional de Acreditação (ONA) surgiu em 1999 e, desde então, aplica as normas técnicas do Sistema Brasileiro de Acreditação, promovendo um processo permanente de avaliação e de certificação da qualidade dos serviços de saúde. Em 2013, a ONA tornou-se membro da ISQua – International Society for Quality in Health Care.

  • Já o DICQ Sistema Nacional de Acreditação é uma empresa que realiza auditorias e acreditação do sistema de qualidade de laboratórios clínicos.

  • O PELM é um programa de comparação interlaboratorial de resultados de análises qualitativas e quantitativas, aberto a todos os laboratórios da América Latina, permitindo que seja feita gestão do desempenho do laboratório em relação aos seus processos analíticos.

  • Assim como o PELM, O PNCQ teve início na década de 1970. Ele é administrado pela Sociedade Brasileira de Análises Clínicas (SBAC) e obedece a normas internacionais preconizadas pela Organização Mundial de Saúde – OMS, pela Federação Internacional de Química Clínica – IFCC e Guia IEC ISSO 43, no planejamento, composição, implantação e avaliação, relativa aos testes de proficiência.